03/06/2012

Resenha: Os Tolos Morrem Antes

Os Tolos Morrem Antes, de Mario Puzo
Páginas: 572
Editora: Círculo do Livro
Depois de minha recente frustração literária com O Espião Que Sabia Demais, abri este livro sem nenhuma ânsia de lê-lo. Esperava uma confusão em meu cérebro sobre jogos em Las Vegas e toda vigarice dos personagens. Pois bem, eu estava completamente errada. Mario Puzo, autor deste livro, é o mesmo autor de O Poderoso Chefão e eu podia ficar aqui e dizer muito sobre as obras deles, mas posso reservar isso para um post mais focado. O que sei é que este livro dele me surpreendeu, nunca assisti O Poderoso Chefão (vou assistir em breve), portanto não tinha nem a mísera idéia do que viria dessa leitura.

O livro começa com a história de 4 pessoas que fizeram amizade em um cassino de Las Vegas e jogam todas as noites, levando uma onda de sorte. Merlyn, que mudou seu nome depois de ter certeza de que era o mágico do Rei Arthur, Cully, o mestre da contagem no 21, Jordan, homem abandonado pela mulher que leva a maior de todas as sortes no bacará e Diane, uma chamariz do cassino Xanadu. Os 4 formam uma amizade intrigante e verdadeira. Mas todo o livro dá uma reviravolta e quando você pensa que a história é sobre esses 4 amigos, você bem se engana, essa história é sobre homens, mulheres, vigaristas, pequenas interesseiras, o luxo de Las Vegas e o brilhantismo de Hollywood.

O livro me conquistou nos primeiros capítulos, quando o autor, me levou a crer que a história seria sobre um personagem e no entanto era outro. Eu adorei essa aventura de ler Os Tolos Morrem Antes porque eu sabia que o autor podia mudar todo o rumo da história e eu não podia esperar que um mocinho se safasse de um perigo, eu temia pela vida de qualquer um porque eu não sabia quando o Mario Puzo poderia matá-los. Mario Puzo é um vigarista, ele me manteve presa ao livro, virando cada página ferozmente. A narração varia de em 3° pessoa e em 1° pessoa. E mesmo quando ele está falando em 3° pessoa, nos passando o que uma pessoa está pensando e sentindo ele usa as mesmas expressões que esse personagem costuma usar.

É incrível como toda vez que eu pensava conhecer o personagem inteiramente, tudo mudava. Este é um livro obrigatório para as pessoas que gostam de ler coisas diferentes e querem estudar modos diferentes de narração e escrita. Este é um livro sobre o ser humano, na verdade, talvez seja mesmo um livro sobre os pecados dos seres humanos. Quaisquer informações que eu dê, como por exemplo, qual personagem toma o lugar na narração de 1° pessoa, seria spoiler. Eu só digo que... se você não é daquelas pessoas que só lêem coisinhas fofas e livros da moda, se você está interessado em presenciar uma narração diferente, invista em Os Tolos Morrem Antes.
“Só aqueles que mais amamos é que podem causar a nossa morte e só com eles temos de ter cuidado. Os nossos inimigos nunca nos podem prejudicar”
Mil desculpas pela resenha enorme, eu poderia falar mais mil e uma impressões desse livro, mas sei que são poucos os que lêem e se puderem pelo menos se interessar nesses 4 parágrafos, eu ficaria agradecida.

24 comentários:

  1. Oi amiga, eu adoro livros que te prendem, é muito bom,, a leitura flui, mais não gosto muito de livros sobre jogos...

    beijoss
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros sobre jogos, de onde você tirou isso??? Os Tolos Morrem Antes não trata exclusivamente disso...

      Excluir
  2. Ágata,

    Não conhecia esse livro do Puzo, mas li O POderoso Chefão lá nos tempos de escola, muito bom, recomendo. Também preciso assistir aos filmes, só vi o primeiro, e tem que aproveitar, pois é uma das obras-primas do Copolla.

    A resenha ficou ótima - acho que uma resenha nunca é grande quando se tem o que falar, como foi o caso ;)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ágata!
    Você não viu O Poderoso Chefão, mas não deixe de assistir a trilogia!! É um dos melhores filmes que já vi.
    Não li o livro, e também não li O tolos morrem antes, mas gostei da sua resenha e fiquei com vontade de ler.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Nossa Ágata, fiquei encantada com esse livro só pelo que você falou dele! Eu também não assisti ao Poderoso Chefão, nunca tive curiosidade, mas acabei de mudar meus conceitos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá amei teu blog estou seguindo!
    Ah mto boa está postagem *-*
    Se vs quiser da uma passadinha no meu vou ficar muito feliz !!


    http://mifeernanda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, nunca ouvi falar desse livro. ._. Enfim, o achei bem interessante, ainda mais porque ele parece ser do tipo pensante, que sabe como instigar o leitor e o prender de verdade. Eu adoro narrativas diferentes, e essa pareceu bastante atraente. :)

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Foi sua vez de trazer novidades, este eu não conhecia.
    Gostei muito da resenha, me deixou interessada em ler,
    e olhando não seria um livro que pegaria na prateleira.
    Resenha grande?
    Então as minhas nem sei o que falar.


    Bjos!!
    Cida
    @c_i_d_a
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  8. Adoro livros assim... Que surpreendem!
    Esse parece muito bom =)

    http://4demarco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. não conhecia esse, parece ser legal! Beijinhos

    http://www.wefoundmoda.com/

    ResponderExcluir
  10. Eu também nunca tinha ouvido falar desse livro, mas o nome do autor me é familiar :3
    pelo o que você disse ele parece ser surpreendente, adoro livros/filmes/series/novelas assim! na vdd eu adoro tudo que me surpreende haha
    porém, acho que ele é antigo né? nao vou encontrar nas livrarias (creio eu)
    quem sabe se eu ver ele por ai eu leio hehe adorei a dica viu, e adorei seu blog tbm, mas confesso que comecei a ler o seu blog pq vi que você é que nem eu, adora rosa e preto *o* haha
    adorei seu layout, achei um charme :3 bjbj

    http://www.rascunhosdasuuka.com

    ResponderExcluir
  11. Bom Dia :)
    Nunca ouvi falar deste livro mas pela resenha parece,desculpe a expressão, foda*-*
    Vou procurar :)

    Beijos e cuide-se

    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  12. Oi Ágata!

    Nossa, eu estou precisando de um livro assim, que me prenda nas páginas, virando uma após a aoutra. Livros que nos surpreendem dessa forma são maravilhosos! Adoro! Estória diferente, parece ser muito bom mesmo o livro!

    Beijos, Marcelle - http://bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Adoro quando olivro possui uma narrativa diferente do normal. Bem interessante! :D
    E foimalz por sumir, mas to de volta -q
    Beijo.

    http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/
    @LariCrazy_

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia esse livro, e nem nunca vi O Poderoso Chefão também, mas fiquei louca para ler este livro, ele parece ter mesmo uma narrativa e uma estória incrível, com certeza vou tentar ler este livro.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Hey
    Gosto de livro assim, não deixa muito sobre o personagem 'na cara',
    E que faça a gente mudar de opinião sobre ele ao decorrer da leitura!
    Parece ser ótimo esse

    beijos e tenha um ótimo final de terça
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  16. Ai cara o que falar, primeiro eu quero ler o livro, adoro uma narrativa diferente e que ainda mais fala sobre relações humanas.
    Segundo O Poderso Chefão - pelo menos o filme - é MUITO bom. Um dos meus filmes preferidos. Assim que puder dá uma conferida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo seu blog é uma graça amei os pósts !, dá uma passadinha lá no meu se puder , se gostar segue aqui de volta , beeijão
    http://fashionmaterialgirl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Sério, fiquei lendo a sua resenha e achei interessante a história! Adoro livros que me surpreendem!
    gosto de histórias que se passam em las Vegas, com jogos, cassinos.
    gosto de livros diversos. quero conferir essa 'narração diferente' que vc citou!
    bjs
    http://blogtrashrock.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eu AMO "o poderoso chefão". Tanto os filme quanto os livros me conquistaram. Imagina minha felicidade quando vi que a resenha era de um livro do Mario Puzo. *--*
    A estória parece ser interessante e muito envolvente. Vou procurar pra ler já! haha
    Beijos,
    Gaby
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Ei Ágata!

    Cada vez mais eu me desapego de capas. Porque esta por exemplo, não me conquistou nem um pouquinho, mas a história parece ser de-mais.
    Gosto dessas narrativas diferente. Acabei de ler "Não conte a ninguém" e também tem isso de ser narrado em primeira e em terceira pessoa. Achei incrível!
    Adorei a resenha, e fiquei com muita vontade de ler o livro ;)

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  21. Os Tolos Morrem Antes... E aqueles que não vivem intensamente ou conseguem cadenciar a bonança com a tempestade?
    A obra é perspicaz e relata com eloquência as vicissitudes dos homens. Será que alguém consegue viver incorruptível o tempo todo? Ou será que nos falta oportunidade para macular nossa índole?
    Osano, Cully, Janelle, Malomar, todos têm seus vícios e excessos, o que os tornam figuras ímpares e complexas que corroboram com o desfecho da trama e ajudam a materializar o objetivo do autor. Merlym é comedido e nunca peca pelo excesso. Dá um passo de cada vez e por isso continua em pé.
    Em “Os Tolos Morrem Antes” observamos que os tolos são aqueles que vivem intensamente, e por isso têm o destino encurtado. Merlym não é um tolo, é um mago, e ele precisa de muita magia para conseguir sobreviver em ambientes do quotidiano, porém, altamente destrutivos.

    Boa leitura

    Alceu de Oliveira Filho
    alceu_of@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  22. adorei sua resenha e saiba que com ela conquistou um leitor a mais (:

    ResponderExcluir
  23. Gostei estou lendo agora estavam doando livros e achei interessante e estou mesmo desfolhando uma página atrás da outra achei interessante decedi pesquisar e achei o blog

    ResponderExcluir